Buijs: “Estou muito feliz com esse meu início no Brasil”

Por Saque Viagem - 08/10/2016 - 13h34 - São Paulo

Buijs jogou sua segunda final pelo Rexona (Foto: Célio Messias/Divulgação)
 
 
Mal chegou ao Rexona-Sesc, e a holandesa Buijs já sentiu o sabor de uma conquista. Depois de amargar o vice-campeonato carioca, a ponteira comemorou na última noite o bicampeonato da Supercopa. E o título não poderia ter sido mais especial: diante de uma grande plateia, contra o Dentil/Praia Clube, tido pelas comandadas de Bernardinho como o grande time da temporada 2016/17. 
 
"Nós começamos muito bem a partida, colocando muita pressão na equipe delas, mas depois elas melhoraram e o final do jogo foi muito disputado. Jogamos muito bem nos momentos decisivos e acredito que isso foi determinante na partida. Estou muito feliz com esse meu início no Brasil. As jogadoras e a comissão técnica têm me ajudado muito. Quero aprender o português o mais rápido possível e evoluir como jogadora ao lado desse grupo", comentou Buijs. 
 
A holandesa desembarcou no Rio de Janeiro no mês passado, para sua primeira aventura fora da Europa. Até a temporada passada, defendeu o VakifBank, com o qual se sagrou campeã turca. Buijs conheceu melhor a atmosfera dos ginásios brasileiros durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, competição em que chegou até as semifinais com a Laranja. Apesar do pouco tempo no país, já mostra um bom entrosamento com as colegas do Rexona-Sesc fora das quadras.
 
Na próxima semana, ela embarca junto com as demais companheiras para as Filipinas, onde o elenco busca o inédito título do Mundial de Clubes. Trata-se da única conquista que as undecacampeãs da Superliga ainda não tem.