Hooker volta a jogar por um clube brasileiro depois de 4 anos

Por Saque Viagem - 12/10/2016 - 09h35 - São Paulo

Hooker foi campeã da Superliga com o Osasco (Foto: Fabio Rubinato/AGF)
 
 
Desde que deixou o Vôlei Nestlé, em 2011/12, a torcida osasquense sonhou com o retorno da oposta Hooker ao José Liberatti. Mas quem torcerá pela norte-amaricana será a Camponesa/Minas, que confirmou a contratação da jogadora para a temporada 2016/17. De volta a um clube brasileiro depois de quatro anos, Hooker será o principal nome do elenco de Paulo Coco para a Superliga.
 
“Hooker é uma jogadora muito experiente, de nível técnico internacional. Foi uma das protagonistas da seleção americana de 2008 a 2012, participou da conquista da medalha de prata em Londres, jogou Grand Prix e Mundial. Outro ponto importante é ela ter dito uma experiência no Brasil, ela conhece as jogadoras, sabe como é o nível técnico e conhece a Superliga", analisou Coco.
 
Depois que encerrou sua passagem por Osasco, onde conquistou a Superliga, a atacante se aventurou pelo voleibol da Rússia. Parou em 2013 para se dedicar à gravidez. Na sequência, teve uma passagem relâmpago pelo Criollas de Caguas, de Porto Rico. Esteve também na Coreia do Sul, onde faturou o título nacional com o Daejeon KGC, e na China, vestindo o uniforme do Tianjin Bohai Bank em 2015/16.
 
"É uma jogadora rápida, muito forte e o alcance de seu bloqueio é muito bom. Ela tem muita qualidade no setor defensivo e tudo isso a faz uma jogadora diferenciada. Com certeza, ela vai agregar muito valor técnico à nossa equipe. Estamos ansiosos e aguardando a chegada dela”, comentou Coco, que vai para o segundo ano à frente do Minas.