Kwiek sonha com semifinal após bom 1º turno do Bauru

Por Saque Viagem - 09/01/2017 - 19h14 - São Paulo

Bauru venceu oito jogo no primeiro turno (Foto: Neide Carlos/Divulgação)
 
 
Para quem terminou o primeiro turno da Superliga feminina com oito vitórias em 11 jogos, a semifinal não parece um sonho tão impossível assim. Chegar até a disputa das medalhas é o desejo do Genter Vôlei Bauru, uma das sensações da primeira metade da fase classificatória. 
 
Com a experiência de ter disputado as principais competições do mundo com a seleção da República Dominicana, o técnico Marcos Kwiek reconhece que não basta competência para ir mais longe. Um bom cruzamento nas quartas de final também ajuda.  
"Esperamos continuar nossa boa campanha na Superliga, somarmos pontos para chegarmos no playoff com o melhor emparelhamento possível e com condições de brigarmos por uma semifinal”, comentou Kwiek.
 
A confiança do técnico e das atletas aumentou após o bom desempenho no primeiro turno, rendimento que colocou o Bauru entre os grandes da competição. Kwiek lembra, no entanto, que os jogos tendem a ser ainda mais duros com os times mais entrosados e marcados. 
 
“O primeiro turno que fizemos nos coloca em condições de sonharmos pelo menos com uma semifinal. Mas no segundo turno as dificuldades aumentam e muito, principalmente por termos feito boa campanha no primeiro turno. Seremos um adversário mais estudado e visado e todo cuidado é pouco. Será um segundo turno muito disputado, aberto e ninguém está garantido.”
 
A equipe do Panela de Pressão tem 23 pontos e a quinta melhor campanha geral. Se vencer a Camponesa/Minas na noite desta segunda-feira (9), em Belo Horizonte (MG), termina a primeira rodada do returno em terceiro.