Mari é cautelosa sobre estreia no Bauru

Por Saque Viagem - 08/10/2016 - 11h27 - São Paulo

Mari está sem jogar há cinco meses (Foto: Marina Beppu/Divulgação)
 
 
A ponteira/oposta Mari ainda não sabe quando poderá fazer a estreia pelo Concilig Vôlei Bauru. Sem jogar desde o fim da temporada passada, quando foi vice-campeã nacional na Indonésia, a campeã olímpica só voltou a bater bola nessa semana, quando se apresentou à equipe do interior paulista. No total, está há cinco meses sem disputar uma partida oficial. 
 
"Estou há cinco meses sem treinar com bola, mas mantendo a forma. Voltei a bater bola essa semana, aqui em Bauru, e creio que vou precisar de um tempo para pegar ritmo novamente. Não quero definir um prazo (para a estreia), pois quero trabalhar forte para voltar o quanto antes, mas preciso de um tempo para entrar no ritmo das demais jogadoras do grupo”, disse Mari.
 
O último grande reforço do Bauru para a temporada 2016/17 foi apresentado nessa sexta-feira (7) à imprensa. Ao lado de Marcos Kwiek, com quem trabalhou também no Pinheiros e na seleção brasileira, a atacante mostrou confiança em conquistar títulos pelo novo time. Falou, também, sobre os momentos difíceis na Itália, na temporada passada, quando deixou o Neruda.
 
"Estou feliz de estar aqui em Bauru, de voltar a jogar com o Marcos (Kwiek) e de poder voltar a jogar no Brasil. Passei por momentos complicados fora, principalmente na Itália, e agora estou feliz por voltar e também poder estar perto da minha família, da minha mãe. Espero que possamos chegar à final (da Superliga). Vamos trabalhar muito, degrau por degrau, buscar o melhor entrosamento para tentar superar equipes de muita qualidade, como todas da Superliga são."