Rexona mantém hegemonia e leva título da Supercopa

Por Saque Viagem - 08/10/2016 - 00h10 - São Paulo

Rexona venceu o Praia Clube em 3 a 1 (Foto: Célio Messias/Inovafoto)
 
 
No papel, é o Dentil/Praia Clube que tem o melhor time da temporada. Mas, dentro de quadra, o Rexona-Sesc mostrou por que tem 11 título de Superliga. Na final da Supercopa, disputada nessa sexta-feira (8) em Uberlândia (MG), as meninas de Bernardinho frustraram as mineiras, que buscavam diante da torcida o primeiro título de nível nacional.
 
Foram 3 sets a 1, 25/12, 25/19, 25/27 e 25/20, resultado que deu às cariocas o bicampeonato da Supercopa, torneio que reuniu os finalistas da Superliga e Copa Brasil. O Rexona-Sesc havia conquistado o título na temporada passada, na decisão com o Pinheiros. Foi o terceiro vice-campeonato consecutivo das praianas diante das fluminenses. 
 
"Estou muito feliz pelo nosso crescimento. Não fizemos uma boa partida na final do Carioca, quando fomos superadas pelo Fluminense, e hoje jogamos muito bem contra o Praia Clube, que minha opinião é a favorita nessa temporada. Isso traz confiança para o nosso grupo que tem uma competição importante na sequência, que é o Mundial de clubes", disse Gabi.
 
Antes de decidirem a Supercopa, na última noite, Rexona-Sesc e Praia Clube protagonizaram as finais da Superliga e Copa Brasil na temporada passada. "Conseguimos sair de uma situação difícil no jogo depois do terceiro set e jogamos a partida como um grupo. Isso foi o mais importante. Mesmo jogando fora de casa alcançamos um grande resultado", encerrou Gabi. 
 
Com o novo caneco, o time do Rio de Janeiro parte agora para as Filipinas, onde disputa no fim do mês o Mundial de Clubes. Já o Praia Clube se concentra na Superliga.
 
 
Dentil/Praia Clube: Claudinha, Ramirez, Michelle, Klineman, Fabiana e Tássia. 
Entraram: Malu, Jú Carrijo, Ellen, Natasha  
Técnico: Ricardo Picinin 
 
Rexona-Sesc: Roberta, Monique, Anne Buijs, Gabi, Juciely, Carol, Fabi e Vitória. 
Entraram: Drussyla, Helô e Camilla Adão 
Técnico: Bernardinho