Substituto de William, Uriarte se diz entusiasmado para defender Sada Cruzeiro

Por Saque Viagem - 16/05/2017 - 19h32 - São Paulo

Com a saída de William para o Sesi-SP, caberá a Nico Uriarte a missão de conduzir o Sada Cruzeiro na próxima temporada. O levantador argentino, que estava no Skra Belchatow-POL, viverá a primeira experiência em um clube brasileiro. O País, no entanto, é bem familiar ao novo armador cruzeirense.
 
Seu pai, Jon Uriarte, foi técnico do Minas na temporada 2005/06, fato que aproximou o levantador do Brasil. “Quando meu pai trabalhava no Minas, eu estava jogando na liga argentina, mas pude visitá-lo em Belo Horizonte por alguns dias. Pude ver e conhecer um pouco da cidade, que é muito linda.”
 
 
Uriarte jogou quatro anos na Polônia (Foto: Divulgação)
 
Uriarte também já conhece o Ginásio do Riacho, em Contagem (MG). Em 2013, esteve com o pai em uma série de amistosos entre o Sada e a Austrália, seleção que Jon comandava na época. As outras informações que Nico têm são de um time vencedor, que ganhou tudo no Brasil e fora dele nos últimos anos.
 
“Eu sempre quis jogar na liga brasileira e, agora, decidir jogar em um clube como o Sada foi muito fácil. A equipe tem jogadores incríveis e o que venceu nos últimos anos fala por si. A capacidade e qualidade dos atletas e comissão técnica é muito grande e me chama muita atenção a mentalidade ganhadora que foi desenvolvida no time. Isso tudo me motiva muito para trabalhar com todos eles.”
 
Aos 27 anos, Uriarte passou os últimos quatro na Polônia, sempre no Belchatow. Em 2014, sagrou-se campeão nacional. Jogou também a Liga dos Campeões. O bom desempenho o levou à seleção argentina, porém, perdeu a disputa para De Cecco e González por uma vaga na equipe de Julio Velasco na Rio-2016. 
 
“O Uriarte é um atleta muito completo, muito bom levantador, com uma vasta experiência internacional. E além de ser um grande levantador, ele saca e bloqueia muito bem. Já o vi jogar em categorias de base e venho acompanhando sua carreira. Com certeza, é um grande talento que surgiu no voleibol argentino nos últimos anos”, afirmou Marcelo Mendez.
 
Poder trabalhar com Mendez também anima o levantador. “O que Marcelo venceu desde a sua chegada ao Sada é realmente incrível. Obviamente, como um argentino, é muito bom ver um treinador vencer tanto assim. É um entusiasmo e uma motivação extra poder trabalhar com ele e quero poder absorver todo o possível para seguir melhorando e crescendo.” 
 
 
LOJA SAQUE VIAGEM: OS MELHORES PRODUTOS DE VÔLEI AGORA A SEU ALCANCE