Vôlei Nestlé se despede do Mundial com pior campanha da história

Por Saque Viagem - 14/05/2017 - 08h17 - São Paulo

Goncharova fez 32 pontos contra o Vôlei Nestlé (Foto: Divulgação/FIVB)
 
Foi de forma melancólica que o Vôlei Nestlé terminou a edição 2017 do Mundial de Clubes. Na disputa do quinto lugar com o Dínamo Moscou-RUS, neste domingo (14) no Japão, a equipe de Osasco perdeu de virada para as russas. Foi um 3 a 1 (22/25, 25/19, 27/25 e 25/18), placar que deixou as brasileiras na sexta posição da competição.
 
Errando muito, o Vôlei Nestlé teve muita dificuldade para parar Goncharova. A oposta foi a jogadora mais buscada por Vetrova e correspondeu à expectativa de sua levantadora, com um aproveitamento perto dos 50% no ataque. No total, a camisa 8 do Dínamo pontuou 32 vezes. Pelo outro lado, Bia fechou a partida com 23.
 
"O campeonato reuniu as melhores equipes do mundo. Jogadoras fortes, que carregam as suas seleções. Lógico que não ficamos satisfeitos com o resultado final. Tivemos três jogos contra equipes europeias e mostramos bons momentos, mas que não foram suficientes para que saíssemos com a vitória", lamentou Luizomar. 
 
Campeão em 2012, o time do José Liberatti fez apresentações ruins em Kobe (JAP) e amargou a pior campanha de sua história. Foram derrotas para o Eczacibasi-TUR, Volero Zurich-SUI e Dínamo. As duas únicas vitórias foram registradas sobre os japoneses do NEC Red Rockets e Hisamitsu Springs, clubes que terminaram em posições inferiores ao Vôlei Nestlé. 
 
Retrospecto do Vôlei Nestlé no Mundial:
2017 - 6º lugar
2014 - Vice-campeão
2012 - Campeão
2011 - Bronze
2010 - Vice-campeão
 
 
LOJA SAQUE VIAGEM: OS MELHORES PRODUTOS DE VÔLEI AGORA A SEU ALCANCE